LULA MERCADO

LULA MERCADO

GAELL

GAELL

pc

pc

quarta-feira, 26 de julho de 2017

NIA, ROCAM E PRONTA RESPOSTA PRENDEM QUATRO PESSOAS E APREENDEM COCAÍNA, MACONHA, ARMA DE FOGO E MOTO ROUBADA NO SÃO JOÃO DA ESCÓCIA. DOIS DOS PRESOS FORAM RECONHECIDOS DE TEREM TOMADO UMA MOTO DE ASSALTO NA AVENIDA BRASIL


 

Na noite desta terça-feira (25), foi montada uma operação conjunta entre o Sargento “Lobo Solitário” do NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste), o Sargento Costa e os soldados Natália e Sidney da ROCAM e os soldados Edinailton, J. Oliveira, S. Moura e Fonseca da GE Pronta Resposta, que foram ao bairro São João da Escócia, onde prenderam, Uiraçu Ferreira Motta, de 20 anos; Thyago Wanderley Silva, de 21 anos; Felipe de Santana Silva, de 24 anos e Bruno José da Silva, de 31 anos e na ação os PMs localizaram uma pistola bereta calibre 22 com quatro munições, sendo três pinadas; cinco pinos de cocaína, uma porção de maconha e recuperam uma moto Fan vermelha, placa PCF-3182 que foi roubada.

Sargento Costa da ROCAM, informou que o Thyago foi  primeiro a ser localizado, pois o mesmo acompanhado de um comparsa, tomou uma moto Honda XRE de assalto na Avenida Brasil na segunda-feira, onde foram reconhecidos pelas filmagens e ontem ao ser indagado confessou o crime e disse onde o seu comparsa estava, os policiais foram até lá, onde funciona uma estúdio de tatuagem e o localizaram, houve correria mas foi feito um cerco e o Uiraçu foi preso, mas resistiu a prisão e o policiamento teve que usar a força necessária para contê-lo, inclusive chegou a lesionar dois dos PMs.

Na casa do tatuador Felipe, foram encontradas as munições e a droga, já a pistola foi localizada na casa do Uiraçu e ao ser questionado sobre a moto que roubou com o Thyago na segunda, ele informou que vendeu ao Bruno que tem uma oficina de moto em frente a sua casa, os policiais foram até lá, porém a moto não foi encontrada e  Bruno negou ter adquirido o objeto, os policiais fizeram uma acareação entre os dois e o Uiraçu disse que já vendeu quatro motos roubadas ao Bruno, que lhe pagou a importância de R$ 700,00 pela XRE e que o valor pago era de acordo com o modelo do veiculo.


Os acusados foram apresentados no plantão da 1ª DP, onde o tatuador foi autuado em flagrante por posse de munição, pagou fiança de um salário mínimo e foi liberado, o Uiraçu foi autuado por receptação e posse de arma, foi arbitrada uma fiança de R$ 10 mil, como ele não pagou, será apresentado na audiência de custódia, já o Bruno e o Thyago, foram liberados mediate portaria instaurada pelo delegado de plantão e ambos serão investigados pela delegacia da área.

Nenhum comentário:

Postar um comentário