LULA MERCADO

LULA MERCADO

GAELL

GAELL

pc

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

MALHAS DA LEI, CAÇA HOMICIDA E OPERAÇÕES PRENDEM INTEGRANTES DE QUADRILHA DE ASSALTO Á SULANQUEIROS EM CARUARU.




Tiago.

Erivan.









Soldados José Wilk e Edinailton.

Cabo Teotônio e Cabo Erivaldo.


Na tarde desta quarta-feira (05) foi montada uma operação com o Cabo Erivaldo, Cabo Jair, Cabo Teotônio e soldado Manuela Santo da equipe Malhas da Lei com o apoio dos soldados Edinailton, D. Barbosa, Orlando Santos e José Wilk da GE caça Homicida e do Sargento Teixeira, Cabo Fernando e soldado J. Paulo da guarnição de Operações, que conseguiram prender o casal Tiago Francisco de Souza, de 29 anos, que está foragido do presídio de Canhotinho e Wedja Gomes da Silva, de 24 anos, que moram na rua Projetada no bairro Cidade Jardim, além de Erivan Enoque Luiz da Silva, de 39 anos, residente no sítio Riachão, na zona rural de Riacho das Almas.

Na casa do casal foi encontrada uma grande quantidade de mercadorias como calças jeans, bermudas e blusas que foram roubadas de sulanqueiros na BR 104 próximo a Toritama, com o Tiago foi encontrado um revólver calibre 38, com o Erivan foram localizadas uma espingarda calibre 12 e outro revólver, já no bairro Nova Caruaru foi encontrado um caminhão baú roubado, usado pela quadrilha para transportar os produtos roubados dos sulanqueiros.
"Zé de Tia" é acusado de ser o chefe da quadrilha.

O Cabo Erivaldo, afirmou que essa quadrilha atua principalmente entre Toritama e Caruaru, que o caminhão foi roubado com a mudança de um escritório e que o chefe do bando é o ex-presidiário conhecido por “Zé de Tia” que não foi encontrado, mas que a polícia vai continuar realizando buscas para prendê-lo.

Delegado Dr. Renato Gayão.
Os criminosos presos foram apresentados no plantão da 1ª DP, onde o delegado Dr. Renato Gayão os autuou em flagrante por receptação dolosa e os encaminhará ao sistema penitenciário. A mulher vai ser levada para a Colônia Penal Feminina de Buíque e os dois elementos para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário