LULA MERCADO

LULA MERCADO

GAELL

GAELL

pc

quarta-feira, 23 de maio de 2018

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO NO SERTÃO PERNAMBUCANO



A SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL, através da POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO, no âmbito do Pacto pela Vida, deflagrou na manhã desta quarta-feira (23/05) a Operação "STOP CAR", sendo a 18ª Operação de Repressão Qualificada de 2018 efetuada pela Polícia Civil.

A investigação foi realizada pela 214ª Delegacia de Polícia da 26ª DESEC - Petrolina, da Diretoria Integrada do Interior 2, investigação sob a presidência dos Delegados Magno Neves e Daniel Moreira, com assessoria da DINTEL - Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco.

A referida operação teve por objetivo desarticular uma ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA, voltada para o roubo de cargas, receptação e tráfico de drogas.

Estão sendo cumpridos 06 (seis) mandados de PRISÃO e 17 (dezessete) mandados de BUSCA E APREENSÃO.

A operação tem como ambiente operacional as cidades de Petrolina, Salgueiro e Ouricuri.
Na operação foram empregados 150 (cento e cinquenta) Policiais Civis e Militares.

A Operação de Repressão Qualificada " STOP CAR" foi supervisionada pela Chefia da Polícia Civil de Pernambuco e coordenada pela Diretoria Integrada do Interior 2.

Os presos e os materiais apreendidos serão encaminhados para a 26ª DESEC.

As informações preliminares da operação "STOP CAR" serão divulgadas pelos delegados responsáveis pela investigação, na manhã  desta quinta às 10h, na 26ª DESEC - Petrolina.

“POLÍCIA FEDERAL REALIZA AUTUAÇÃO EM FLAGRANTE DE DOIS SUSPEITOS PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR/PE COM CERCA DE 19 KG DE MACONHA”





A Polícia Federal em Salgueiro/PE, procedeu a autuação em flagrante na tarde do dia 19/05/2018, por volta das 12h de dois suspeitos presos pela Polícia Militar/PE de DANIEL GOMES DA SILVA, 22 anos, gesseiro, natural e residente em Belo Jardim/PE-(não possui antecedentes criminais) e MICHELLY LETÍCIA ALVES DE FREITAS, 21 anos, natural de Itapetim/PE e residente em Caruaru/PE – (possui antecedentes criminais – já foi presa por tráfico de drogas por guardar crack em sua residência e estava em liberdade condicional).

As prisões aconteceram em virtude de informações da Polícia Federal de Salgueiro repassadas para policiais militares, dando conta da existência de duas pessoas que estariam transportando material entorpecentes. De posse dessas informações, os militares fizeram bloqueios e barreiras no Posto Vila Bela que fica no município de Cabrobó/PE e após realizarem várias abordagens de veículos foi parado uma lotação que vinha de Ibó/BA com destino a cidade de Belo Jardim/PE e ao ser feita uma busca minuciosa no interior do veículo e nas bagagens dos passageiros foi encontrado na bolsa de dois deles cerca de 19Kg de maconha, sendo 5,4Kg com Michelly e 13,6Kg com Daniel.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido a droga arrecadada os dois suspeitos receberam voz de prisão em flagrante e em seguida foram levados para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro/PE, onde, após ter sido informado dos seus direitos e garantias constitucionais acabaram sendo autuados pelo crime contido nos artigos 33 e 35 c/c 40 inciso III da Lei nº 11.343/2006 (tráfico de interestadual de entorpecentes e associação para o tráfico) e caso seja condenados poderão pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão! 

Em seu interrogatório DANIEL disse que pegou a droga em Ibó/BA a pedido de um preso (não deu informações sobre o detento) que atualmente está cumprindo pena por tráfico de drogas no Presídio de Belo Jardim/PE e que sua função era entregá-la a uma pessoa indicada por ele e receberia R$ 500 (quinhentos) reais pelo serviço de transporte. Já MICHELLY disse que pegou a droga em Recife/PE no terminal de ônibus de Joana Bezerra e iria desembarcar em Salgueiro/PE, local que a droga seria entregue. Por fim disse que foi contratada também por um presidiário que cumpre pena em Recife/PE por tráfico de drogas e que receberia R$ 500 reais pelo serviço de entrega. Ambos disseram que não se conheciam e não tinha nenhuma ligação!

Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML - Instituto de Medicina Legal e em seguida foram encaminhados para a audiência ONDE FOI CONFIRMADA SUAS PRISÕES PREVENTIVAS.  Daniel foi para a Cadeia Pública de Cabrobó/PE e Michelly foi para a Penitenciária Feminina de Verdejantes/PE, onde ficarão à disposição da Justiça Estadual/PE.

“AÇÃO CONJUNTA DO IBAMA E DA POLÍCIA FEDERAL APREENDE 22KG DE LAGOSTA QUE ESTAVAM SENDO COMERCIALIZAVA EM PERÍODO PROIBIDO E PRENDE UM SUSPEITO”





A Polícia Federal em ação conjunta com o IBAMA prendeu no último final de semana (20/05), um pintor industrial, de 30 anos, natural e residente em Sirinhaém/PE – (não possui antecedentes criminais)

A prisão aconteceu por volta das 11h dentro da “Operação Argos” deflagrada pela Polícia Federal em conjunto com o IBAMA destinada a reprimir a pesca e comercialização de lagosta no período de defeso que neste ano começa no dia 1º março e vai até o dia 31 de maio. Após receber informações de comércio ilegal de crustáceos, as equipes descaracterizadas, dirigiram-se até o local denominado “Espaço Construção” que fica situado às margens da BR 232 no perímetro urbano da cidade de Gravatá/PE onde foi percebido intenso comércio de frutos do mar.

A ação teve seu desfecho final quando os federais perceberam a chegada de um vendedor que ofereceu aos policiais que estavam descaracterizados a venda de lagosta acondicionadas em um isopor onde foi detectado que os crustáceos estavam fora das especificações legais (peso, tamanho e em fase de reprodução) sendo o proprietário imediatamente detido e as lagostas apreendidas.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido arrecadadas 27 (vinte e sete) lagostas que totalizou um peso bruto de 22Kg (vinte e dois quilos) o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida levado para a Sede da Polícia Federal no Cais do Apolo para as medidas cabíveis onde acabou sendo autuado pela prática contida no artigo 34, § único, inciso III da Lei 9.605/98 – (transportar e comercializar espécimes no período no qual a pesca seja proibida – pena: detenção de 1 a 3 anos, além de multa). O preso após fazer exame de corpo de delito no IML – Instituto de Medicina Legal e pagar fiança no valor de R$ 1.000 (mil reais) foi liberado e vai responder ao processo em liberdade. As lagostas foram doadas para uma instituição de caridade indicada pelo IBAMA-Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

Em seu interrogatório o suspeito informou que revende frutos do mar em feiras livres de Ipojuca, Escada e aos sábados em Gravatá/PE. Disse também que comprou as lagostas na tarde da última quinta-feira 17/05 no mercado de São José, porém não deu detalhes de quem foi a pessoa que o vendeu. Por fim relatou que só comprou o pescado porque foi informado de forma errada que 15 dias antes de acabar o período de defeso já poderia comercializar as lagostas!

CARUARU SEDIARÁ CURSO BALÍSTICA FORENSE E PERÍCIA CRIMINAL EM JUNHO





A cidade de Caruaru irá sediar o curso Balística Forense e Perícia Criminal com aula prática de tiro. Mais de duas mil pessoas já participaram dos cursos.

Programe-se, o curso ocorrerá nos dias 09 e 10 de junho, terá 20 horas de aular e o participante receberá o Certificado em Atividade de Extensão.

Local: City Hotel Premium (próximo ao Estádio do Central) e CTA (Clube de Tiro do Agreste), entre a Praça do Rosário e a Ponte Nova.

Inscreva-se através do e-mail:www.peritohenriquetabosa.com.br; Instagram:@lojaperitocriminal ou Whatsapp: 81 9 9800-0084

Todos os participantes inscritos serão inseridos em um grupo de whatsapp do evento, no qual serão postados materiais sobre a Perícia Criminal.

APOSENTADO FOI BRUTALMENTE ASSASSINADO NO BAIRRO JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA EM CARUARU






Um idoso foi vítima de um crime brutal em Caruaru, ele estava sem aparecer na rua desde ontem e na noite desta terça-feira (23), foi encontrado morto dentro de casa, na Rua Manoel Pereira da Silva, no bairro José Carlos de Oliveira. A vítima, Benedito Valdevino da Silva, tinha 78 anos e foi morto a golpes de um instrumento perfuro cortante, possivelmente um facão ou uma foice.

O corpo do aposentado foi encontrado pelo filho, que como não teve contato com o pai o dia inteiro, foi ao imóvel, a porta estava encostada, ele abriu e se deparou com o idoso morto na cozinha e a casa toda revirada e a porta dos fundos também estava encostada e ao lado tem um terreno baldio.

Este foi o 10º assassinato do mês de maio e o 78º do ano de 2018 em Caruaru.

MOTORISTA DE SANTA CRUZ, ENVOLVIDO EM ACIDENTE COM MORTE DE TRÊS PARAIBANOS, ESTAVA ALCOOLIZADO DIZ POLÍCIA CIVIL



Na tarde desta terça-feira (22) foram sepultados os corpos das três vítimas que morreram em um grave acidente na PE-160, entre a cidade de Jataúba e o distrito de Poço Fundo.

De acordo com as informações, quatro pessoas de uma mesma família vinham, em um carro Fiat Uno, da cidade de Cabaceiras (PB) quando, em um dado momento, bateram de frente com um motorista de Santa Cruz do Capibaribe, que vinha em sentido oposto, guiando um Celta, de cor preta.

Com a violência da batida, o Fiat chegou a cair em uma ribanceira e morreram no local Anderson Felipe Gonçalves de Lima (22 anos), Jarbas Pombo de Sousa (44 anos, motorista do veículo) e Elaine Queiroz Aquino (idade não informada).

MORRE HOMEM QUE TEVE O CORPO CARBONIZADO EM ÁGUAS BELAS

Resultado de imagem para homem carbonizado


Um homem foi encontrado com o corpo carbonizado na manhã desta segunda-feira (21), no Sítio Barriguda, no município de Águas Belas, no Agreste de Pernambuco.

José Augusto da Silva, contou aos policiais que atenderam a ocorrência, que alguém queria matá-lo e ateou fogo nele, mais não soube dizer quem, ele foi inicialmente socorrido para o Hospital João Secundino de Souza, em Águas Belas, transferido para o Regional Dom Moura em Garanhuns, onde veio a óbito.

O caso está sendo investigado pela delegacia do município, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA DUAS OPERAÇÕES NA REGIÃO DE CARUARU E CUMPRE MAIS DE 30 MANDADOS DE PRISÕES E OS PRESOS SÃO ACUSADOS DE INTEGRAREM QUADRILHA DE ROUBOS DE CARGAS, TRÁFICO DE DROGAS E HOMICÍDIOS








A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã desta terça-feira (22), duas Operações de Repressão Qualificada (ORQ), a Operação denominada "BARRA AZUL", decorrente de investigação realizada pela 14ª DESEC (Caruaru), sob a presidência da Delegada Polyanne Farias, com a assessoria do Núcleo de Inteligência do Agreste e da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil-DINTEL, com o objetivo de desarticular organizações criminosas voltadas para a prática de roubo de carga, tráfico de drogas e homicídios no estado e "FIDÚCIA", vinculada à Diretoria Integrada Especializada-DIRESP, que foi desenvolvida pela Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas, do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri). Ambas com o apoio do serviço de inteligência e participaram das operações 225 policiais civis. As ações objetivavam dar cumprimento a 34 mandados de prisão e 30 de busca e apreensão em Bezerros, Recife, Gravatá e São Caetano.

O delegado do DEPATRI, Dr. Edmilson Batista, investiga os criminosos envolvidos em roubos de cargas e ressaltou que essa quadrilha tinha atuação também em outros estados, pois um dos alvos foi preso quando tentava embarcar no aeroporto de Teresina no Piauí e um outro foi preso na cidade de Gramado no Rio Grande do Sul.

A delegada seccional de Caruaru, Dra. Polyanne Farias, preside a investigação da Operação Barra Azul e informou que essa nomeclatura é uma referência a uma das cachoeiras da cidade de Bonito e que o grupo é envolvido em crimes como o tráfico de drogas, roubos de cargas, posse de armas de fogo e homicídios, que a investigação foi iniciada em Julho do ano passado a partir do registro de um assassinato em Bonito, que além desse, outros nove assassinatos são atribuídos ao grupo e que pelo menos sete homicídios foram evitados nesse período. Ela ainda afirmou que a quadrilha era comandada por Anderson Duarte da Silva Nascimento e Amarildo Renê da Silva Ferreira, que foi morto na segunda-feira da semana passada no estacionamento externo da CEASA no Recife. Armas, munições e drogas foram apreendidas nas operações.
Anderson Duarte.
Cristiano José.
Felipe Cesar.
Amarildo Renê, foi assassinado na semana passada no estacionamento externo da CEASA no Recife.
Marcelo Roque.
Silvanio Nunes.
Maria Valquíria.
Adnailton Carlos.
José Nelson.
Marilene Pereira.
Sergio Ricardo.
Vanessa Bezerra.
Cícero José.
Marcelo de Souza.
José Silvano.
Mirelle Rayane.
Jucieudo José.
Maria de Fátima.

Além do Anderson, foram presos na operação, Cristiano José da Cunha e Silva; Felipe Cesar Veiga Lima; Marcelo Roque; Silvanio Nunes do Nascimento; Maria Valquíria da Silva; Adnailton Carlos da Silva; José Nelson Borba Filho; Marilene Pereira da Silva; Sérgio Ricardo de Carvalho; Vanessa Bezerra de Lima; Cícero José de Lima; José Silvano Simão da Silva; Marcelo de Souza; Maria de Fátima da Silva; Mirelle Raiane da Silva e Jacieudo José da Silva, além de outros que foram presos temporariamente, inclusive um policial militar e por isso não tiveram os nomes divulgados.

O delegado chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Dr. Joselito Kerlle do Amaral, ressaltou que estas foram a 16ª e a 17ª operações de Repressão Qualificada do ano no estado, e que os envolvidos na quadrilha investigada pela Delegacia de Roubos e Cargas, atuavam de forma ousada, valendo-se da confiança que detinham para a prática dos crimes. Que a investigação começou em outubro de 2017, com objetivo de prender integrantes de uma Associação Criminosa, voltada para a prática dos crimes de associação criminosa; roubo majorado; furto qualificado; apropriação indébita qualificada e comunicação falsa de crime.


Os presos foram levados para o IML, onde foram submetidos a exames traumatológico, em seguida os homens foram recolhidos á Penitenciária Juiz Plácido de Souza e as mulheres para a Colônia Penal Feminina na cidade de Buíque.

terça-feira, 22 de maio de 2018

PRESO EM GAMELEIRA SUSPEITO DE MATAR O SARGENTO JUSTINO EM CARUARU



No início da noite desta segunda-feira (21), foi preso na Vila São Mateus em Gameleira, Diogo Wendson Rodrigues da Silva, de 21 anos, que mora em Paulista, que foi pego com 14 pedras de crack.

O imputado ainda assumiu para o efetivo que ele teria praticado o homicídio do Sargento reformado Claudionor Justino de Souza, oSargento Justino, de 61 anos, que foi morto no final da tarde do dia 10 desse mês, quando estava trabalhando como segurança em um supermercado no bairro João Mota em Caruaru. Diante dos fatos o imputado foi conduzido a Delegacia de Polícia de Civil para serem tomadas as medidas cabíveis.

A PM, durante a Operação Combate ao CVLI, juntamente com a Polícia Civil foi informada que no endereço citado o imputado descrito estava praticando atos ilícitos, os policiais foram ao local e o imputado se encontrava dentro de sua casa, onde solicitaram o apoio do GATI e da ROCAM, daí foi feito um cerco na residência e ao iniciar verbalização para o mesmo sair da casa ele tentou fugir pela parte de trás da residência, pois sabia que era o policiamento que estava verbalizando. Sendo que ao ver o cerco do efetivo o imputado adentrou na casa de novo. Porém, ainda assim conseguiu fugir pra casa vizinha vindo a cair de uma altura de mais ou menos uns 3 metros, causando-lhe algumas escoriações e lesões.

Posteriormente, o proprietário da residência vizinha chegou ao local e abriu a porta para o policiamento adentrar na casa e o imputado foi capturado. Após a detenção do mesmo, retornaram a casa dele, onde foi encontrado aproximadamente uma porção de maconha e 3 big-big de maconha totalizando 100 gramas do entorpecente apreendido. Após essa apreensão de drogas, o imputado disse que havia mais drogas na casa da sua vizinha e disse que numa caixa de isopor havia 2 kg de maconha, porém essa caixa de isopor não foi localizada, mas os policiais conseguiram encontrar 14 pedras de crack no guarda-roupas dela. Neste momento que estávamos abordando a casa da Sra Lidiane Alves da Silva, o efetivo escutou vários disparos de arma de fogo que poderia ter sido realizado pelo filho da Lidiane, que conseguiu fugir quando viu a policia chegar ao local.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

JOVEM FOI EXECUTADO NA PERIFERIA DE CUPIRA





No final da tarde desta segunda-feira (21), foi assassinado no Loteamento Maria Josefa, na periferia de Cupira, Jailson Arlindo da Silva, que era conhecido por “Fusquinha” de 27 anos, que residia na Rua Marechal Floriano Peixoto, no bairro Novo Horizonte.

Segundo a Polícia Militar o jovem que já foi preso por receptação, foi ao local acompanhado de dois irmãos, pois eles possuem uma baia e criam cavalos na localidade, e foram surpreendidos com a chegada de dois elementos que chegaram numa motocicleta CG vinho, que já chegaram atirando, ceifando a vida do “Fusquinha” e os irmãos conseguiram fugir dos algozes, um a pé e o outro a cavalo.

Este foi o 12º assassinato do ano em Cupira e o corpo foi encaminhado para o IML local.